Resgate sobrenatural

Qual o limite do amor de uma mãe para com seu filho? Será que existe um fim? Uma limitação?

Este relato foi contado por um tio bombeiro. Isso aconteceu quando um colega dele foi atender um chamado de uma acidente à noite em uma estrada.

Já estava bem tarde, aparentemente não haveria nenhuma novidade naquela noite. Tudo estava bem tranquilo. Até que a ambulância recebe um chamado da central informando que acabara de acontecer um acidente em uma rodovia próxima.

Os bombeiros logo se dirigem ao local, entretanto a rodovia aparentava estar normal. Pouco antes de decidirem entrar em contato com a central para confirmar o local do acidente, os socorristas avistam uma mulher acenando no meio da estrada. Imediatamente os bombeiros param e descem para atender a mulher. 

Esta mulher estava intacta, quem quer que tenha sido, obviamente ela não estava envolvida no acidente.

Assim que desceram, a mulher desesperadamente fala:

– Está lá em baixo, corre!

E a mulher desce um barranco completamente escuro e some em meio à vegetação.

Prontamente os socorristas descem na direção em que a mulher havia descido e após poucos minutos de descida, avistam um carro capotado.

Entretanto, no local, só havia o carro, a mulher havia sumido completamente. 

A primeira missão dos socorristas naquela noite era verificar se havia sobreviventes, então decidiram ignorar o sumiço repentino da mulher misteriosa e logo começaram a procurar por sobreviventes dentro do carro.

Ao chegar próximo do carro, um choro abafado pôde ser ouvido por um dos bombeiros. Ao olhar para onde estava vindo o choro, avistaram uma criança. Esta criança de aproximadamente 1 ano e meio estava no banco de trás do carro, presa na cadeirinha de segurança de cabeça para baixo. O mesmo bombeiro olha para o banco da frente e enxerga uma mulher, aparentemente inconsciente no banco do motorista.

Prioritariamente, eles resgatam o bebê, que estava com poucas esfoliações pelo corpo e em seguida começam a dar assistência à mulher. 

Ao chegarem até a mulher, que estava com os cabelos tampando o rosto, identificam que ela estava morta. Ao retirarem seu corpo do carro algo completamente assustador é percebido pelos bombeiros. Aquela mulher que estava morta era a mesma mulher que havia parado a ambulância para pedir ajuda.

Pouco tempo depois, foi informado que a mulher falecida era a mãe da criança que estava no banco passageiro. Ou seja, mesmo morta, a mãe lutou para salvar sua filha.

Se não fosse pelo aviso deste espírito, a criança provavelmente teria morrido, pois os bombeiros demorariam algumas horas para encontrar o local onde o carro havia caído. Talvez nem fosse possível encontrá-lo até o amanhecer.

Na sua opinião, este espírito foi mesmo o espírito da mãe ou foi algum anjo ou outro ser sobrenatural?

2 thoughts on “Resgate sobrenatural”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *